• Home office: 10 dicas de como trabalhar em casa, ser produtivo e fugir dos riscos

    20 de Março de 2018 • Categoria: Gestão Mudança Resultados

    Com as novas tecnologias, trabalhar de casa é uma realidade que está ganhando cada vez mais espaço no mercado. O home office tem sido adotado por autônomos, empresários e até por funcionários que exercem suas atividades remotamente.

    E se você já vive essa realidade ou quer vivê-la, é importante ficar atento aos riscos e aos comportamentos para ser produtivo. E é sobre isso que vamos conversar hoje! Acompanhe.

    Home office: como trabalhar bem de casa? (Imagem: FreePik)

    Quem pode trabalhar com home office?
    Basicamente, todos que conseguem produzir um serviço ou produto de maneira remota. Ou seja, trabalhos que não exigem expediente presencial na empresa para que as coisas aconteçam – elas podem ser feitas de casa.

    Na área de prestação de serviço existe muito espaço para home office:  consultoria, produção de materiais (como textos, ilustrações e fotografias), cursos online, contabilidade, pesquisa, tradução e tantos outros exemplos. Na produção de serviços, o mercado é igualmente amplo. De artesanato à marcenaria, de roupa à alimentação, é possível trabalhar de casa e até vender pela internet.

    Por fim, dentro desses dois tipos de trabalho – serviço e produto – existe a possibilidade de ser funcionário de empresas que já aderiram ao home office, ou, empreender como um profissional autônomo, liberal, MEI ou microempresa.

    É possível ser produtivo trabalhando em casa?
    Com certeza. Isso porque a produtividade tem a ver com a sua atitude e não com o local onde você trabalha. Muitas pessoas estão em escritórios formais e não são produtivas, não é mesmo?

    O ponto principal para que a sua produtividade seja sempre alta numa atividade home office é ter disciplina e ficar atento aos riscos – e assim, manter-se longe deles.

    Quais riscos corro ao trabalhar com home office?
    Quando se trabalha em casa, alguns comportamentos podem oferecer riscos ao seu negócio e carreira. Conhecê-los é importante porque assim você fica bem longe deles e tudo dá certo.  

    #1.Confundir tempo disponível para produzir com tempo livre: ao trabalhar de casa, ganhamos um presente importante da vida moderna. Flexibilidade de horários. Mas é justamente essa flexibilidade que pode confundi-lo: o tempo disponível não significa tempo livre.

    Ele está, sim, disponível, mas para que você possa ajustá-lo de acordo com as atividades que deve realizar no dia. Se deixamos de olhar para o tempo disponível com a intenção de aproveitá-lo da melhor forma para trabalhar, e, passamos a encará-lo como tempo livre, o serviço simplesmente não anda.

     #2. Trabalhar 24 horas: e ao contrário do item anterior, trabalhar sem parar também é um risco para o seu negócio, carreira e, claro, saúde. Esse comportamento compulsivo só faz com que o seu produto perca a qualidade.

    Afinal, humanos que somos, precisamos estar bem para fazer um bom serviço. Sem contar o estrago no organismo que a falta de pausas traz. Por isso, o momento de descanso também é fundamental.

    #3. Isolar-se do mundo: trabalhar de casa proporciona mais tempo para pensar e para se concentrar, já que você fica livre de distrações como o bate-papo do escritório, por exemplo. E isso é legal. Mas não permita que essa solidão positiva o feche para a troca de ideias com outros profissionais.

    É fundamental manter contato com colegas, clientes e fornecedores. Tanto pela socialização e networking, quando pela troca de conhecimento e atualização sobre o que o mercado demanda.

    Fuja dos perigos de trabalhar em casa e seja produtivo! (Imagem: FreePik)

    Dicas para trabalhar em casa, ser produtivo e fugir dos riscos
    Esses riscos que listei acima podem ser combatidos com atitudes bem simples. Confira as dicas e seja produtivo no seu home office!

    • Dica 01 - Adote uma mentalidade disciplinada: faça o exercício mental de ser disciplinado. Ou seja, de realizar o que você se propôs a fazer, de lutar contra a preguiça e não ceder às desculpas para postergar. Aos poucos o comportamento disciplinado torna-se natural e prazeroso.

    Aproveite e leia aqui o post sobre como ter mais disciplina para alcançar seus objetivos.

    • Dica 02 - Monte um cronograma diário: além de trabalhar com os prazos de entrega que seus clientes ou chefes estabelecem, monte um cronograma para si mesmo todos os dias.

    Isso significa listar as atividades que você tem para fazer e cumpri-las. O cronograma ajuda a manter o dia organizado e a fechar pequenas brechas para a vontade de postergar.

    • Dica 03 - Use um método de planejamento: enquanto o cronograma diário te auxilia no que precisa ser feito um dia de cada vez, o planejamento te dá uma visão mais ampla de todas as tarefas da semana e do mês. Tanto do trabalho em si, quanto tarefas extras como reuniões, negociação com clientes, datas de pagamento de fornecedores e muito mais.

    Para essa etapa é importante usar algum sistema, como planilhas ou aplicativos. Eu pessoalmente uso o Trello (e esta é puramente uma dica pessoal, não publicitária). Ele é uma espécie de quadro virtual onde você cola post its – só que de uma forma infinitamente mais organizada. E assim, gerencia suas tarefas, equipes e compromissos, garantindo um bom planejamento para a semana e o mês.

    • Dica 04 – Faça intervalos para as refeições: parece uma coisa tão simples para abordarmos aqui, não? Mas antes que você perceba, deixar de fazer intervalos e comer enquanto trabalha pode se tornar um hábito – e bem ruim.

    Fazer a pausa do almoço ou do jantar é essencial para a saúde física e metal. E isso influencia totalmente a qualidade do seu trabalho e da sua vida.

    • Dica 05 – Tenha um espaço para trabalhar: se você tem um cômodo da casa para transformar em escritório, ótimo. Se não tem um cômodo inteiro, mas, tem um espaço no quarto ou na sala para colocar uma escrivaninha, excelente.

    E se não há espaço e você precisa ocupar um assento da mesa da cozinha, sem problema algum: providencie uma mochila onde você guarda seus equipamentos. Na hora de trabalhar, coloque tudo na mesa. Terminou, guarde.  

    Já se o tipo de serviço que você vai fazer exige muito espaço, organize-se para providenciar esse local na sua casa – uma oficina de carros ou fabriqueta de móveis, por exemplo, exige um pouco mais. Mas nada que não seja possível de criar dentro do seu próprio quintal.

    Manter seu material organizado e criar um ambiente para trabalhar é essencial para a produtividade: isso porque você não gasta a sua energia com outras preocupações, como bagunça ou desconforto, e ainda profissionaliza a rotina.

    • Dica 06 – Pijama? Nem pensar! Falando em rotina, é essencial adotar uma regrada: levantar, lavar o rosto, escovar os dentes, trocar de roupa e tomar café da manhã são itens básicos para começar o dia de trabalho em casa.

    Portanto, pular da cama e correr para o serviço sem tirar o pijama é um passo rumo à desorganização. E ela é péssima para um home office promissor.

    • Dica 07 – Trabalho e lazer ficam separados: trabalhar em casa é estar cercado de tentações. Televisão, cama, sofá e geladeira, por exemplo. Com o comportamento disciplinado, cronograma, planejamento e intervalos que citei nas dicas anteriores, é bem mais fácil de separar os momentos de lazer do trabalho e ficar tranquilamente longe desses itens tentadores que temos por perto.

    Atitudes positivas fazem do home office a melhor forma de trabalhar! (Imagem: FreePik)

    Colocando em prática essas sete dicas e ficando longe dos três maiores riscos, sem dúvidas você vai ser produtivo trabalhando em casa, e, a melhor parte: vai aproveitar cada momento do seu dia e se sentir muito bem!

    Gostou das dicas de hoje!? Espero que sim! Fique à vontade para comentar e compartilhar esse conteúdo com seus amigos.

    Aproveite e acesse minhas páginas nas redes sociais também: Facebook e Instagram!

    Abraços, Marcia.

     

DEIXE SEU COMENTÁRIO

ANTES DE FAZER UM COMENTÁRIO, VEJA A POLÍTICA DO BLOG

1 COMENTÁRIO(S)

Olá, Márcia. Tudo bem? Parabéns pelo conteúdo. Não trabalho em home office mas, além do Trello, para atividades diárias utilizo do Todoist para me organizar. Tem funcionado super bem! Novamente, parabéns pelo conteúdo! Abraço

comentado por Gabriel Caus em 20/03/2018

Gabriel! Muito obrigada pelo comentário e pela dica. Não conheço este aplicativo mas vou me informar; adoro novidades!!! Sucesso para você!

comentado por Marcia Correa em 02/06/2018